As estatísticas do amor


Os ingleses nunca foram famosos por serem grandes amantes, mas isso não os impediu de ter um certo interesse pelo assunto, mesmo que o seu interesse tenha um fundo digamos assim "mercantil", uma cadeia de floriculturas localizada na cidade de Londres resolveu criar um instituto de pesquisas para pesquisar os hábitos dos casais do mundo todo e conseguir expandir seus negócios para além das fronteiras do Reino Unido. Detalhe, o nome do instituto é "lovehurts".

O instituto contratou milhares de pessoas no mundo todo e em cada país desenvolveu pesquisas para chegar a conclusões sobre o relacionamento de homens e mulheres. Nunca na história foi feito um levantamento tão complexo e completo sobre o que leva uma pessoa a se interessar pela outra, as diferenças e expectativas de cada sexo.

Quando o amor foi colocado em números muitas surpresas e curiosidades surgiram como:

1) 92% dos homens do mundo todo preferem mulheres de cabelos longos (embora 62% desses 92% confessem que mulheres de cabelo chanel ou mais curtos também tenham sua graça)

2) 36% das mulheres do mundo preferem homens de olhos claros (desses 36%, 44% das mulheres preferem olhos azuis e 56% olhos verdes).

3) 43% das virginianas acabam namorando taurinos (e 37% com sagitarianos, 10% com leoninos), 35% dos cancerianos preferem as leoninas (e 25% as geminianas, 30% as cancerianas, 7% as taurinas e 3% outros signos), 51% das cancerianas se casam com pessoas do mesmo signo (e 24% com virginianos, 16% com geminianos), 20% dos piscianos se apaixonam por librianas (e 17% por escorpianas e 12 % por piscianas), só 10% dos aquarianos se casam com geminianas (em compensação 39% deles se casam com leoninas), 34% dos arianos se interessam por escorpianas (e 26% por sagitarianas), só 2% das escorpianas se interessam por homens do mesmo signo (e 80% delas tem afinidade com pessoas do signo de leão), 28% das leoninas se interessam por homens do mesmo signo (e 35% por piscianos) e 56% dos leoninos se interessam por mulheres do mesmo signo, 70% das sagitarianas acabam se casando com capricornianos (e 13% com virginianos), 41% das capricornianas se sentem atraídas por homens de áries (e 23% por geminianos),32% das geminianas sentem atraç ão por taurinos e só 4% das arianas se casam com aquarianos.

Foram feitos experimentos em boates,bares, restaurantes, faculdades e áreas de convivência do mundo todo com homens e mulheres divididos por faixa etária, com a mesma proporção de pesquisados nos dois sexos e com os estilos e preferências dos mais variados possíveis, os pesquisadores cadastravam o nome de cada pessoa e outros ficavam observando quem paquerava quem, quem ficava com quem e etc.

No final da noite era feito um levantamento de quem se relacionou ou se interessou por quem e chegou aos mais variados resultados como:

a) 56% das louras preferem os morenos e 47% dos morenos preferem as louras

b) 59% dos homens preferem mulheres mais novas e 65% das mulheres preferem os homens mais velhos

c) 85% dos homens afirmaram que a beleza física é o principal fator de atração e só 47% disseram o mesmo, 32% dos homens afirmaram que a primeira coisa que reparam numa mulher são seus seios, 25% sua bunda, 20% seus cabelos, 17% seus olhos, 10% suas pernas e só 6% no que ela tem a dizer, do lado das mulheres 37% afirmaram que a primeira coisa que reparam num homem é no seu estilo e forma de se portar (se o estilo do homem combina com o dela e se o homem tem aparência e gestos gentis ou condizentes com suas expectativas), 25% no seu corpo de uma forma geral (as mulheres afirmam que o tórax do homem é algo muito desejável e atraente), 23% no que ele tem a dizer e da forma que diz e 15% pelo olhar (note que é pelo olhar e não pela cor dos olhos.)

Muitos casais foram formados a partir dessas pesquisas e os pesquisadores acompanharam de perto o desenrolar dos relacionamentos e encontrou-se os seguintes resultados:

1) Só 16% dos relacionamentos que começaram numa boate duraram mais de 1 mês, desses 16% só 10% viraram namoros sérios, 75% dos relacionamentos que começaram com um almoço ou um jantar em restaurantes duraram mais de um mês, 80% deles tornaram-se namoros sérios e desses 80%, 20% viraram casamentos.

2) 12% das pessoas que se conheceram pela primeira vez e se relacionaram acabaram transando, desses 12% só 8% viraram namoros sérios e 2% dessas mulheres engravidaram embora menos de 1% tenham se casado com o respectivo par.

3) 41% dos casais que se formam nas universidades são da mesma sala, desses 41%, 39% são de pessoas que sentam lado a lado ou na frente ou atrás um do outro. 17% dos casais que se namoram nos tempos da faculdade se casam.

4) No ambiente de trabalho só 15% das pessoas acabam tendo relacionamentos e desses 15%, 71% são relacionamentos extraconjugais.

5) 8% dos homens afirmaram que o seu maior interesse nas mulheres é o casamento, 9% amizade, 35% namoro e 58% o sexo, 22% das mulheres afirmaram que o seu maior interesse no homem era a companhia, 35% pelo carinho, 33% pelo sexo, 7% pela amizade e 3% afirmaram que não precisam de homem para nada.

Depois de muitos anos e milhões de libras gastas nas suas pesquisas o instituto "Lovehurts" ajudou aos administradores da cadeia de floriculturas a aumentar em até 700% suas vendas, aprenderam a colocar seus produtos nos lugares certos e a incentivar as pessoas na hora certa, ajudou a popularizar as flores como algo romântico e a desenvolveu flores com cheiros e cores que estimulam os sentidos das pessoas no mundo todo, ajudou a reatar relacionamentos e a criar outros, estima-se até que o numero de namoros e casamentos tenha aumentado no Reino Unido e a taxa de natalidade também .

Por isso se um dia você receber flores de alguém, lembre-se que existe muita coisa em jogo nesse simples ato romântico.